Sábado, 1 de Dezembro de 2007

Análise do texto – “Integração Curricular das TIC: conceitos e ideias.”

Como integrar as TIC no currículo?

Uma questão que, na minha opinião, é adequada à actualidade.

Vivemos na era da tecnologia e da informação e seria bastante redutor não reestruturar os actuais currículos com a inclusão das TIC bem como a sua inclusão nas práticas de um professor, independentemente da disciplina que lecciona.

O uso das novas tecnologias no ensino pode ter diversas finalidades, mas o foco é a aprendizagem do aluno, valorizando o aprender em geral e não o aprender das TIC em particular.

Penso que com a introdução das TIC seria necessário reformular os actuais currículos, na medida em que passar-se-ia a enaltecer as aprendizagens significativas e não as memorísticas; os processos que decorreram para a obtenção do conhecimento e não o resultado. A introdução das TIC implicaria uma transformação nas metodologias de ensino, com o objectivo, fazer com que o aprendiz aprenda, motivando-o para aprender.

Com esta inovação, a introdução das TIC no currículo, o professor poderia adoptar estratégias diversificadas de acordo com as dificuldades dos seus alunos; combinar o conteúdo a leccionar e o grau de envolvimento dos alunos; orientar os alunos para saberem seleccionar a informação adequada.

Hoje em dia, na minha opinião, as TIC são vistas como uma disciplina específica e que não abrange todas as outras. Quando era estudante do ensino secundário, tinha uma disciplina ITI (introdução às tecnologias de informação) que assumia esse mesmo papel, era uma disciplina isolada de todas as outras. Actualmente, enquanto aluna da licenciatura de matemática – ensino, considero que as TIC podem ser incluídas numa aula de matemática, no currículo de matemática. Se existisse esta combinação, entre as TIC e as outras disciplinas, os alunos teriam muito mais sucesso e estariam mais entusiasmados e com vontade em aprender. Confesso que, até chegar a este nível da minha escolaridade, também sentia muitas dificuldades em entender como seria possível planear uma aula diferente daquilo a que estava habituada, isto é, diferente do método tradicional/expositivo. Mas agora, depois de tudo o que já aprendi e depois de verificar que é possível conciliar as TIC com a Matemática, é-me difícil aceitar a passividade/falta de interesse com que a maioria dos professores planifica as suas aulas.

Enquanto futura professora, considero que é muito importante utilizar os softwares a que temos acesso para leccionar um determinado conteúdo. Desta forma, podemos utilizar diversos programas matemáticos, como por exemplo, o Mathematica, NuCalc, MATLAB, R, sketchpad, que podem ajudar os alunos a construírem o seu próprio conhecimento. Relativamente à forma de comunicação, podemos utilizar a plataforma Moodle, que ajuda a orientar o processo ensino/aprendizagem, permite conversas no chat e neste podem ser esclarecidas dúvidas mesmo estando a consideráveis distâncias. Através deste útil instrumento pode-se também acompanhar a evolução dos alunos nas suas aprendizagens. Outra ferramenta útil, é a construção de “blogues”, estes portfólios digitais ajudma a que o professor entenda as dificuldades dos alunos e desta forma os possa ajudar. Com estes recursos os professores têm uma nova missão, desafiar os alunos a construírem o seu conhecimento, a desenvolverem o raciocínio.

Assim sendo, as TIC devem “caminhar” com o currículo, devem entrelaçar-se, tendo sempre como principio fundamental a melhoria do processo educativo.

publicado por claudiaparaujo às 17:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Termos "Hipermédia, "Hipertexto" e "Múltimédia"

Com a elaboração desta tarefa, pretendia-se construir um glossário com as diferentes definições que a turma daria para os termos: Hipermédia, Hipertexto e Múltimédia.

Estas foram as minhas definições...

  Hipermédia:

Integração de vídeo, som e gráficos (em qualquer tipo de combinação) num sistema de armazenamento e manipulação de informação baseado em referências cruzadas e interligações, que permite ao utilizador efectuar um percurso entre tópicos e assuntos relacionados, na sua busca de informação, que é paralelo ao modo como se processa o pensamento humano.

In: http://www.priberam.pt/dlpo/definir_resultados.aspx?pal=hipermédia

 

      Hipertexto:

 

         É um texto que suporta outros textos, cujo acesso se realiza através dos links. É um sistema para visualizar informação, cujos documentos contêm referências para outros documentos.

in: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hipertexto

 

Mulimédia:

   Este conceito refere-se às tecnologias de suporte digital, com o objectivo em criar, armazenar e perquisar conteúdos. Assim, a multimédia permite, entre outras coisas, procurar informação e interagir com objectos cuja realidade é virtual.

              in: http://pt.wikipedia.org/wiki/Multim%C3%A9dia

                   http://penta.ufrgs.br/edu/teleduc/tdidmult.htm

 

 

sinto-me:
publicado por claudiaparaujo às 21:12
link do post | comentar | favorito

Sobre mim

Pesquisar

 

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts Recentes

Análise do texto – “Integ...

Termos "Hipermédia, "Hipe...

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

análise de texto(2)

blogues(2)

conceitos(1)

curiosidade(7)

ficha de leitura(2)

internet(3)

plataforma(1)

portfolio(1)

programas(1)

projectos(2)

the end(1)

tic(2)

vídeos(1)

todas as tags

Links

subscrever feeds